10 motivos para os cães beberem muita água

Reading Time: 3 min
10 motivos para os cães beberem muita água

Os cães devem ter sempre água à sua disposição, mas, quando começam a beber mais água do que o normal, é um sinal que não deve ser ignorado, uma vez que pode estar relacionado com várias doenças que se desenvolvem rapidamente e se tornam problemas críticos.

Para além da água que deve estar sempre disponível para quando o cão quiser, a alimentação também tem um papel importante na ingestão de água e, por isso, é importante os donos darem alimentação húmida aos cães. Para além da alimentação húmida, devem também trocar todos os dias a água, uma vez que, estando a água exposta a poeiras, fica suja e não é bom dar essa água aos cães. Se os donos não bebem água com pó, porque devem beber os cães?

Se reparou que o seu cão está a beber mais água do que o normal, fique a conhecer as 10 causas mais frequentes que levam os cães a consumirem mais água.

10 Causas que levam os cães a beber mais água

#1 Raça

Existem raças que gostam mais de água e que precisam de ingerir mais água do que outras. Este motivo não é preocupante e é totalmente normal.

#2 Síndrome de crushing

Esta doença afeta o sistema endócrino dos cães alterando os níveis de cortisol. O cortisol é um hormónio que ajuda a controlar o stress e é um dos principais motivos para o seu cão ter mais sede do que o normal. Para além da sede, outros sintomas da doença são: aumento da fome, obesidade, queda de pelo e fraqueza muscular.

#3 Diabetes

Os diabetes impedem o corpo dos cães de absorverem o açúcar dos alimentos corretamente, levando os níveis de glicose no sangue a aumentarem. Os cães com diabetes procuram por beber mais água, mas este não é o único sintoma. Outros sintomas dos diabetes são: fome extrema, perda de peso, urinar em excesso, cão mais sonolento e parado, entre outros sintomas. Fique atento!

#4 Mudanças climáticas extremas

As mudanças climáticas extremas afetam a perda de água do corpo de um cão e, consequentemente, também a sua ingestão de água. Assim como nós, os cães que brincam ao ar livre nos dias quentes de verão podem sentir mais sede para compensar a desidratação.

#5 Doenças hepáticas

As doenças hepáticas farão com que o seu cão consuma mais água, estando relacionadas com o envelhecimento nos cães. Altera a cor dos olhos nos cães, ficando amarelos, e o corpo vai enfraquecendo. Sinais de confusão mental e aumento da sede são alguns dos sintomas que podem mostrar de que o seu cão pode estar a sofrer com esta doença.

#6 Hipercalcemia

Hipercalcemia são níveis altos de cálcio no sangue. Os cães tendem a ficar mais deprimidos, lentos, apresentam vómitos e prisão de ventre.

#7 Insuficiência renal
Quando os rins de um cão começam a falhar, afetam a pressão arterial e a produção de hormônios, entre outras consequências. Os cães que sofrem de insuficiência renal apresentam aumento de sede, perda de peso, prisão de ventre e vómitos.

#8 Medicamentos

Alguns medicamentos como esteroides podem fazer com que o cão beba muita água como efeito colateral.

#9 Piómetra

Afeta apetas cadelas não esterilizadas. É uma doença que se manifesta devido a alterações hormonais no útero canino.

#10 Polidipsia psicogénica

É uma condição comportamental que se manifesta no consumo excessivo de água. Aplica-se a qualquer sinal de sede incomum e sem motivos físicos.

Não ignore o facto do seu cão estar a beber muita água. Conforme referido inicialmente, algumas condições que causam sede extrema podem desenvolver-se rapidamente e tornarem-se num problema crítico. Cuide do seu patudo!

Outros artigos do blog